quarta-feira, 19 de maio de 2010

Nada mudou, mas nada está igual.

Descobertas boas. Por hora confusas, mas esclarecedoras no final.

A natureza continua sendo a mesma, Deus continua sendo o mesmo.

Mas agora sei que eu sou a natureza e que Deus está dentro de mim.

A mesma natureza que criou a beleza do amanhecer, me criou.

O mesmo Deus que me guia, manifesta-se por mim.

A mesma força que bate as asas de um beija flor, me acorda todos os dias.


Carolina Flores Quintanilha.

Um comentário:

  1. Lembremos...a vida é o maior bem que podemos empreender. O que se pensa e se sente agora, terá resultado no próximo segundo de nossas vidas, como esse momento que já é o futuro do pensamento anterior e que já é o passado do presente momento.

    ResponderExcluir

Arquivo do blog