sábado, 19 de junho de 2010

Chuva de verão

Chuva de verão


Veio e foi embora

Com a intensidade de uma chuva de verão

Trouxe amizade, cumplicidade e paixão

Deixou saudades e uma ilusão

Para sempre eu quis que durasse

Até quando percebi que se bastou enquanto durou

Do sorriso à lagrima

Eu não me arrependo

Sentimentos que completam a alma e o coração

Hoje a chuva passou

O sol me trouxe novamente ao meu lugar

E dele guardo a satisfação

De ter vivido uma paixão

Mais intensa que uma chuva de verão


Carolina Flores Quintanilha.

Um comentário:

Arquivo do blog