segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Só de Sacanagem

Meu coração está aos pulos!
Quantas vezes minha esperança será posta à prova?
Por quantas provas terá ela que passar?
Tudo isso que está aí no ar: malas, cuecas que voam entupidas de dinheiro, do meu dinheiro, do nosso dinheiro que reservamos duramente pra educar os meninos mais pobres que nós, pra cuidar gratuitamente da saúde deles e dos seus pais.
Esse dinheiro viaja na bagagem da impunidade e eu não posso mais.
Quantas vezes, meu amigo, meu rapaz, minha confiança vai ser posta à prova?
Quantas vezes minha esperança vai esperar no cais?
É certo que tempos difíceis existem pra aperfeiçoar o aprendiz, mas não é certo que a mentira dos maus brasileiros venha quebrar no nosso nariz.
Meu coração tá no escuro.
A luz é simples, regada ao conselho simples de meu pai, minha mãe, minha avó e os justos que os precederam:
" - Não roubarás!"
" - Devolva o lápis do coleguinha!"
" - Esse apontador não é seu, minha filha!"
Ao invés disso, tanta coisa nojenta e torpe tenho tido que escutar. Até habeas-corpus preventivo, coisa da qual nunca tinha visto falar, e sobre o qual minha pobre lógica ainda insiste: esse é o tipo de benefício que só ao culpado interessará.
Pois bem, se mexeram comigo, com a velha e fiel fé do meu povo sofrido, então agora eu vou sacanear: mais honesta ainda eu vou ficar. Só de sacanagem!
Dirão:
“ - Deixa de ser boba, desde Cabral que aqui todo o mundo rouba.”
E eu vou dizer:
”- Não importa! Será esse o meu carnaval. Vou confiar mais e outra vez. Eu, meu irmão, meu filho e meus amigos. Vamos pagar limpo a quem a gente deve e receber limpo do nosso freguês. Com o tempo a gente consegue ser livre, ético e o escambau.”
Dirão:
" - É inútil, todo o mundo aqui é corrupto, desde o primeiro homem que veio de Portugal”.
E eu direi:
” - Não admito! Minha esperança é imortal!”
E eu repito, ouviram?
IMORTAL!!!
Sei que não dá pra mudar o começo, mas, se a gente quiser, vai dar pra mudar o final

Composição: Elisa Lucinda

Interpretação Ana Carolina: http://www.youtube.com/watch?v=6n6qgpp8smU&feature=player_embedded

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Confiança

Confiança às vezes gera impulsividade. E para mim -libriana nata- que sempre pesei tudo na balança antes de agir, ser impulsiva é o maior barato. Ouvir o coração e agir. Acertando ou errando, tudo contínua ok.
Eu sempre quis ser assim na verdade, mas reprimi o desejo. Sofri muito por querer fazer e não fazer. Mas converti o sofrimento em aprendizado, agora tento ao máximo não repetir o erro.
Quando comecei a seguir o que eu queria, adquiri menos erros e mais vitórias, menos tristezas e mais alegrias, menos mentiras e mais verdades.
É, estou onde eu deveria estar, e estou feliz por isso.

Carolina Flores Quintanilha.

Você se lembra de sentir-se bem?

Quem busca a si próprio, aprende que se sentir bem não é apenas prazeroso, mas importante para o nosso bem estar, para fluir a realização dos nossos desejos, para equilibrar nossas energias e etc.

Mas hoje, os conceitos estão tão perdidos, que as pessoas estão se esquecendo até que é prazeroso. Uns gostam de brigar, outros gostam de gritar e alguns até de se estressar. Buscam incessantemente a felicidade em esferas fechadas, mas esquecem completamente da felicidade do dia a dia.

Vamos fechar os olhos por um segundo, respirar fundo, relaxar o corpo e se sentir bem? Vamos pensar se ficamos melhor assim ou brigando, gritando ou se estressando?

Sinta-se bem, confie na vida e em Deus... Nada do que te acontece é totalmente ruim, algum propósito sempre há. Então se entregue, perca o medo de viver... Confie na sua fé, no seu amor, na sua paz...

Boas vibrações!

Boa-noite!


Carolina Flores Quintanilha.

sábado, 21 de agosto de 2010

Medos...

Olhe nos olhos do seu medo. Sinta o quanto ele não te pertence e dispense-o.

Olhei nos olhos
De muitos dos meus medos
Para poder te encontrar...

BOAS VIBRAÇÕES!

Carolina Flores Quintanilha.

O QUE HOJE VOCÊ ESCOLHEU VIBRAR E RECEBER?

O que hoje você escolheu vibrar e receber?

Fique bem

Relaxe só por um instante
Vocês ainda se lembram
O quão bom é se sentir bem?

Respire,
Apenas respire
Sinta o ar entrar e sair

Relaxe
Alongue-se
Sinta-se em sintonia com seu corpo

Sorria
Por todas suas vitórias
E por todas que virão

Sonhe
Sinta como é possível
Chegar lá

Sinta
A fonte criadora
Ao seu lado
Soprando em seu ouvido
Amor
Paz
E bem estar!

Carolina Flores Quintanilha

Músicas Natiruts

http://www.youtube.com/watch?v=i3IRjCS_s3c
http://www.youtube.com/watch?v=cT0_65nHZTk
http://www.youtube.com/watch?v=pQsgLYMCkdc

A Cor
Natiruts

Queria tanto te falar
Das angústias desse meu viver
A força que afugenta as idéias
E tenta nos impedir de ser mais
Então a gente põe o pé na estrada
Coragem não se sabe de onde vem(vem do céu)
E deixa a promessa de um dia voltar
Para os braços daquela que te quer bem
Se ela te deixou e disse que nunca mais
Saiba que levou sentimentos imortais
Mas se ela te beijou e disse que vai ficar
Isso são mistérios não se pode explicar
Ela diz que precisa-se acreditar
E vê nos astros coisas que não pode-se pensar (Ela foi aos céus)
Ela jura aquela volta prometida
E justifica alguma barra que ela passou
Mas ela sabe muito bem dos seus segredos
E reconhece que isso tudo pode ter um fim (Pode terminar)
Mas ela busca a perfeição do espelho
E oferece para ele com perdão enfim
A cor daquela pétala de flor
Com todo amor
Daquela petála de flor
E todo amor daquela pétala de flor
E toda cor daquela petála de flor

Naticongo
Natiruts

Tinha a coragem e a calma de um Rei
Os mais ferozes males enfrentou
Seus inimigos não puderam ver
Segredos da sua força contra a dor, e
Seus olhos liam além do amanhecer
Suas palavras transformavam leis
Todos queriam ser como ele foi
Ninguém sabia que era infeliz
Queria saber (queria saber)
Que faltava então ?
Não queria viver (não queria viver)
Com essa dor no coração
Pois até um rei
Despeja lágrimas por não ter o seu grande amor
Queria saber se é bom ou ruim
Ter uma flor tão linda assim
Com o azul do céu e o brilho do mar
E olhos de mel pra iluminar
Se ajoelhou como servo pela primeira vez
Dizendo já sofrer demais
Saber sobre os céus e a floresta não lhe foi em vão
Sem eles, não teria a paz
Pra acreditar
Queria saber se é bom ou ruim
Ter uma flor tão linda assim
Com o azul do céu e o brilho do mar
E olhos de mel pra iluminar

Em Paz
Natiruts

Dizem que o medo e a dor
Fazem a gente aprender
A superar como for
Um mal de amor pra valer
Verbos e sonhos se vão
Deixando a mesma impressão
Não vale a pena viver por viver
Pelo seu amor, cho...rei
Pelo seu amor que essa alma se lançou
E o encanto bom que existe então chegou
Quer viver assim, assim tão perto de mim
E eu que era sozinho agora estou
Em paz
Estrela do meu céu azul renasceu
Em paz
Indo do Cruzeiro pra Sul renasceu
Em paz

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Todos Somos Um

http://www.youtube.com/watch?v=w6jski5kvqY

Todos Somos Um

Chimarruts
Composição: Rodrigo Maciel/Sander Fróis/Nê Rafael Machado/Nauê/Cauê

Deixe a paz entrar no seu coração
Com tudo de bom que a terra nos tráz
Nossos pés descalços no chão
Sentindo a vida e a criação

Deixe o pensamento voar
E o vento elevar sua imaginação
E ao corpo todo tocar
Seus olhos fechar terás a visão

Deixe a água purificar
Os seus sentimentos quando chorar
Pois em cada gota que há
Há um pouco do todo de todo o mar

Deixe a chama então transformar
Toda a tristeza em vontade de sonhar
Transformando corpo em luz
O amor e a esperança é quem nos conduz

Somos a luz desse mundo
Somos o sol dessa terra
Somos a nuvem do céu
Somos a onda do mar
Somos a luz desse mundo
Somos o sal dessa terra
Somos todos filhos da terra
E todos somos um

sábado, 7 de agosto de 2010

A solidão não faz sentido

A solidão não faz sentido.
Hoje eu posso ver o tamanho do meu propósito, se existe outros motivos por de trás, eu não sei, mas que o motivo maior é a cumplicidade que o amor traz, eu não tenho mais dúvidas.
A família é nossa primeira relação intensa e sempre será uma das mais importantes, os amigos vêm depois e preenchem um lindo espaço, mas o amor... Ah, o amor... Ele vem para completar, para realmente satisfazer, para dar sentido.
Hoje eu senti falta da sua presença. Rodeada de amigos e com uma linda família em meu coração, pude perceber mesmo assim o espaço dentro de mim que te espera.

Carolina Flores Quintanilha

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

O despertar de uma nova consciência

“O que poderia ser mais pesado e mais impenetrável do que uma rocha, a mais densa de todas as formas? Ainda assim, algumas rochas passam por uma mudança na sua estrutura molecular, convertendo-se em cristais, tornando-se transparentes à luz. Há carbonos que, sob uma pressão e um aquecimento extraordinários, viram diamantes, enquanto determinados minerais pesados se transformam em outras pedras preciosas. Quase todos os répteis, as mais terrenas de todas as criaturas permaneceram imutáveis por milhões de anos. Alguns deles, contudo, desenvolveram penas e asas e se transformam em aves, desafiando assim a força da gravidade, que os dominara por tanto tempo.”

“O eterno, o infinito, o inominável foi reduzido a um ídolo mental no qual as pessoas tinham de acreditar e que devia ser venerado.”

Trechos do livro: O despertar de uma nova consciência, de Eckhart Tolle.


Leiam, muuuuito bom!


Boas vibrações!

terça-feira, 3 de agosto de 2010

O sucesso vem de dentro

A boa notícia é que no momento em que você decide que aquilo que sabe é mais importante do que aquilo que foi ensinado a acreditar, você muda de ritmo em sua busca por abundância. O sucesso vem de dentro, e não de fora!
Baseado no fenomenal best-seller do famoso escritor Deepak Chopra, com músicas totalmente novas de Olivia Newton-John, As Sete Leis Espirituais do Sucesso mostra uma nova perspectiva de vida na busca do sucesso. A adorável cantora Olivia Newton-John e o aclamado diretor e ator Bill Duke (X-Men: O Confronto Final ) compartilham impressionantes histórias pessoais sobre desafios que enfrentaram, os quais, no entanto, os direcionaram firmemente para explorar a vida em todo o seu potencial. A narrativa emocionante deles é entremeada com os ensinamentos essenciais de Deepak, concentrados em sete princípios, simples, porém profundos, que qualquer pessoa pode aplicar para obter sucesso e fartura, em todos os temas da vida. Com música original e inédita e belíssima fotografia, este incomparável e inspirador filme deve ser assistido diversas vezes e, em cada uma delas, algo novo será descoberto.

Meditação

Série de Vídeos muito boa sobre meditação '')
Boas vibrações!

http://www.youtube.com/watch?v=lm7YspyhkDQ
http://www.youtube.com/watch?v=VCpzYZhCszY&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=QEUsYXGyC7k&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=IEGgfIGWdLg&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=4-0mPXzw-ZY&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=egpFtYZu5r8&feature=related

O rio e o oceano

Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano ele treme
de medo.
Olha para trás, para toda a jornada,os cumes, as montanhas,
o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos
povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar
nele nada mais é do que desaparecer para sempre.
Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar.
Ninguém pode voltar.Voltar é impossível na existência. Você
pode apenas ir em frente.
O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entra no oceano é que o medo
desaparece.
Porque apenas então o rio saberá que não se trata de
desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano.
Por um lado é desaparecimento e por outro lado é
renascimento.
Assim somos nós.
Só podemos ir em frente e arriscar.
Coragem !! Avance firme e torne-se Oceano!!!

Osho

Frases Dan Millman : )

"A evolução consciente começa assim que tomamos a resposabilidade de remover nossas próprias barreiras."

"Toda mudança positiva - todo salto para um nível maior de energia e consciência - envolve um ritual de passagem. A cada subida para um degrau mais alto na escada da evolução pessoal, devemos atravessar um período de desconforto, de iniciação. Eu nunca conheci uma exceção."

"Se você quer um mundo mais gentil, comporte-se com gentileza; se você quer um mundo pacífico, faça a paz interiormente."

Dan Millman

Abri os olhos

Sei mais do que eu quis
Mais do que sou
E sei do que sei

Só não sei viver
Sem querer ser
Mais do que sou

O fato é o ato da procura
E a cura não resiste só
O que era certo eu descobri
Nem sempre era o melhor

Abri os olhos
Não consigo mais fechar
Assisto em silêncio
Até o que eu não quero enxergar

Não sei afastar
A dor de saber
Que o saber não há
Só não sei dizer
Se esse meu ver
Se pode explicar

Enquanto eu penso, tanto entendo
Que é mais fácil não pensar
O que era certo, eu aprendi
A sempre questionar

Sandy Leah


Arquivo do blog