terça-feira, 24 de agosto de 2010

Confiança

Confiança às vezes gera impulsividade. E para mim -libriana nata- que sempre pesei tudo na balança antes de agir, ser impulsiva é o maior barato. Ouvir o coração e agir. Acertando ou errando, tudo contínua ok.
Eu sempre quis ser assim na verdade, mas reprimi o desejo. Sofri muito por querer fazer e não fazer. Mas converti o sofrimento em aprendizado, agora tento ao máximo não repetir o erro.
Quando comecei a seguir o que eu queria, adquiri menos erros e mais vitórias, menos tristezas e mais alegrias, menos mentiras e mais verdades.
É, estou onde eu deveria estar, e estou feliz por isso.

Carolina Flores Quintanilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog