sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Se o tempo de fato não existe, como podemos ter, ser ou fazer amanhã?
Pense nisso por um instante.



Carolina Flores Quintanilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog