sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Trecho de " Luzes no dia a dia" Dan Millman

Trecho de " Luzes no dia a dia" Dan Millman

“ Em ' A república ' Platão descreve um grupo de pessoas vivendo no fundo de uma caverna, longe da luz do dia, que viam somente suas sombras, lançadas sobre as paredes pelas fogueiras. Aquelas formas escuras eram a sua única realidade, porque eles nunca haviam se aventurado a sair da caverna – na verdade, não sabiam que haviam um lado de fora.

A alegoria da caverna de Platão vai além, descreve como uma pessoa escapou da caverna para a luz do sol do mundo real. Tendo visto a luz, ela retorna à caverna e tenta, se muito sucesso, explicar às pessoas lá aprisionadas a respeito do mundo real lá de fora. Suas palavras não fazem sentido para ninguém, mas alguns companheiros aventurosos ousam ir com ele para cima, para o desconhecido, em direção a uma realidade mais brilhante.
Cada um de nós vive dentro das cavernas de nossas percepções obscuras e distorcidas, vendo não o mundo, mas nossas próprias mentes.
A realidade não é o que você pensa.”

Dan Millman

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog