terça-feira, 23 de novembro de 2010

Apenas hoje ou repita amanhã

Hoje, apenas hoje, substitua toda e qualquer preocupação por um sonho.
Quando vir-se-se preocupado, pare o que estiver fazendo, feche seus olhos e dedique alguns minutos a sonhar.
Se seu dia fluir melhor, repita amanhã e quantas vezes forem necessárias até você se convencer que sonhos são melhores do que preocupações.

Hoje, apenas hoje, substitua todo e qualquer rancor por perdão.
Quando vir-se com rancor, feche seus olhos e dedique alguns minutos a imaginar-se de bem com essa pessoa, dê um abraço nela em seus devaneios.
Se seu dia fluir melhor, repita amanhã e quantas vezes forem necessárias até você se convencer que perdão é melhor do que rancor.

Hoje, apenas hoje, substitua todo e qualquer medo por coragem.
Quando vir-se com medo, faça o que tiver de fazer assim mesmo.
Se seu dia fluir melhor, repita amanhã e quantas vezes forem necessárias até você se convencer que coragem é melhor do que medo.

Hoje, apenas hoje, respire bem fundo em vez de se estressar.
Quando vir-se estressado, esqueça o motivo de estresse e apenas respire por alguns minutos.
Se seu dia fluir melhor, repita amanhã e quantas vezes forem necessárias até você se convencer que respirar é melhor do que estressar-se.

Hoje, apenas hoje, substitua qualquer atitude destrutiva por qualquer atitude boa.
Se seu dia fluir melhor, repita amanhã e quantas vezes forem necessárias até você se convencer que tentar é melhor do que não fazer.


Carolina Flores Quintanilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog