sábado, 6 de novembro de 2010

Ciência do Pêndulo

ciência do pêndulo - é uma prática muito antiga, que tem como
função a ativação do subconsciente humano. A palavra "radiestesia" foi cunhada no início do século pelo abade Bouly, na França. É uma combinação do latim radium (radiação) com o grego aesthesis (sensibilidade). Radiestesia, segundo o seu próprio nome, é uma sensibilidade para as radiações. A radiestesia não é uma invenção moderna, pois se sabe que os povos antigos - entre eles os gauleses, hebreus, citas, persas, etruscos, gregos, romanos, indianos, chineses, polinésios e até índios norte-americanos - já a utilizavam.

O pêndulo é recomendando para uso em lugares fechados. Para operá-lo, basta segurar a extremidade do fio entre o polegar e o indicador da mão direita (esquerda p/ os canhotos), mantendo-a firme, pois é a radiação cósmica que move o pêndulo, não os músculos. E possui quatro movimentos básicos: rotação positiva, qdo gira na direção dos ponteiros do relógio; negativa, qdo gira em sentido contrário ao dos ponteiros do relógio; oscilação de ligação (vaivém de um objeto a outro); e oscilação de desligamento (vaivém separando um objeto do outro).

Cada movimento tem seu significado, cabendo à pessoa descobrir isso em diversas situações, anotando tudo.

Fonte: www.obrilho.com.pt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog