quinta-feira, 10 de março de 2011

Buscas



Essa tal da busca
Que me move e me segura
Que me leva e que me traz
Que me conserta e me desconcerta

Por vezes nela me acho
Em outra me perco
Mas a esperança do esperado chegar
É o que me faz buscar

Uma busca sem destino final
Que se soluciona buscando
Enquanto se busca

E quanto mais a busca se desenrola
Mais portas se abrem
Mais vida se vive
Mais buscas aparecem

E quando o esperado chegar
Mais buscas virão
Porém com um pouco mais de sabor
Um pouco mais de amor

E vamos levando a vida assim
Nas nossas eternas buscas
Que talvez um dia cessem
Ou não
Carolina Flores Quintanilha

2 comentários:

Arquivo do blog