domingo, 24 de julho de 2011

Trecho do filme - Dúvida (Doubt)

" Quero lhes contar uma história :
Um navio de carga afundou uma noite.
Pegou fogo e afundou.
E apenas um marinheiro sobreviveu.
Ele encontrou um salva-vidas, montou uma vela e sendo de disciplina náutica, voltou os seus olhos para os céus e leu as estrelas.
Ajustou a rota para casa e exausto, adormeceu.
Nuvéns apareceram.
E nas vinte noites seguintes ele já não conseguia ver as estrelas.
Ele pensava estar na rota certa, mas não havia maneira de ter certeza.
E enquanto os dias passavam e o marinheiro definhava, ele começou a ter dúvidas.
Será que tinha ajustado bem a rota?
Estaria indo na direção da sua casa?
Ou estava horrivelmente perdido e condenado a uma morte terrível?
Não havia maneira de saber.
A mensagem das constelações, será que a tinha imaginado devido à sua circunstância desesperante?
Ou terá ele visto a verdade uma vez e agora teria que se agarrar a ela, sem mais nada que o assegurasse?
Há alguns de vocês hoje que conhecem exatamente a crise de fé que descrevi.
E eu quero lhes dizer que: A dúvida pode ser uma ligação tão poderosa e sustentável como a certeza.
Quando estão perdidos, vocês não estão sozinhos. "

Trecho do filme - Dúvida (Doubt)

Um comentário:

Arquivo do blog