quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Você tem um sonho ou uma paranóia?

Você tem um sonho ou uma paranóia?

Histórias nos contam sobre a vida de pessoas que tinham um sonho e por ele lutaram por anos e anos, até alcançá-lo e serem finalmente felizes. Mas será que a vida funciona desta maneira com todos os nossos sonhos?
É tão comum vermos pessoas bem sucedidas e com muitos motivos para comemorar, presas em sonhos não realizados, metas não alcançadas, objetivos não cumpridos...
Se você perceber bem, a maioria traçou um destino final como o paraíso, como o local em que eles vão ser realmente felizes, e até chegarem lá, eles não se permitem uma felicidade completa.
É mais comum ainda ver essas mesmas pessoas alcançando o que querem e continuando infelizes.
O que podemos aprender com isso então? Que sonhos são bobagens? Que não devemos almejar por mais nada? Não!
Podemos ver, que não é saudável depender de acontecimentos futuros. Que não é sensato crer que tal coisa nos trará a paz, quando não podemos ter certeza.
Portanto, meu conselho é: continue sonhando. Continue tentando realizar tudo o que você quiser com o mesmo afinco de sempre, ou talvez até mais, mas desapegue-se do resultados, desapegue-se do futuro, desapegue-se da necessidade de fazer dar certo.
Com o tempo talvez, você descubra que assim será muito mais fácil de alcançar o que você quer, pois você se livrará de resistências como o medo.
Ou talvez você descubra que aquilo não era bem um sonho e sim uma paranóia, algo que sua mente criou, e que você não precisa tanto assim daquilo.
O sucesso é seu pelo o que eu gosto de chamar de direito divino, então abra-se para ele, seja ele qual for.
Carolina Flores Quitanilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog