domingo, 20 de maio de 2012

Vale a pena acreditar.

Vale a pena acreditar.
O texto de hoje é para você que um dia alimentou expectativas e se decepcionou. Para você, que um dia teve fé que algo ia acontecer e não aconteceu. E principalmente para você que tem muito medo de acreditar em algo ou em alguém e se magoar.
Inicialmente eu quero lhe fazer um pedido: Desamarre as cordas, desfaça os laços, solte um pouquinho o seu coração e dê-me uma chance de convencê-lo que mesmo depois de tudo o que você passou, ainda vale a pena acreditar que o melhor pode acontecer com você.
Eu posso sentir que você, caro leitor, é uma pessoa inteligente que busca sobreviver nessa louca viagem que é a vida. Sei também que você já percebeu que a vida está em constante mudança e que por mais clichê que essa expressão seja: nada é para sempre.
Imagino então que você já tenha chegado a conclusão de que não podemos comparar o passado com o presente e nem o presente com o futuro, afinal, você consegue se recordar de dois dias exatamente iguais?
Pergunto-lhe então: Por que diabos nós sempre tendemos a acreditar que o que aconteceu no passado, acontecerá no futuro?
E quanto às pessoas que levantaram do mais fundo dos poços e venceram? Qual o fator que fez com que elas conseguissem?
Você consegue imaginar, por exemplo, um ex morador de rua e atual funcionário do Banco do Brasil, que nunca teve nada na vida, mas começou a estudar para concursos públicos na biblioteca de sua cidade, sendo negativo com a própria vida?
Você consegue vê-lo pensando: É melhor eu não acreditar que vou passar nessa prova, para não me decepcionar depois. (?)
Imagine quantas e quantas decepções ele teveem sua vida antes de alcançar um emprego público, mas você consegue vê-lo com medo o suficiente para paralisá-lo?
Se ele não tinha nada, o que ele teria a perder, se não acontecesse? Mas o que ele teria a ganhar, se acontecesse?
A sorte não existe. O que existe é a determinação. Determinação combina com ação, e qualquer ação começa com um pensamento. Então, querido leitor, eu acredito que você esteja entendendo a importância de acreditar novamente em você.
Por isso, eu lhe faço um pedido como se fosse um pedido de mãe: Olhe dentro dos olhos de cada um de seus medos e diga-lhes que eles não terão mais poder sobre você. Resista a qualquer aparente e falso conforto que o medo lhe traz e encare qualquer situação acreditando que ela pode ter o resultado que você espera. Perca todo esse medo de se decepcionar, a decepção apenas lhe guia para uma verdade maior que é sempre boa, alegre, amorosa e próspera.
Por experiência própria, eu lhe afirmo que vale a pena acreditar.
Mudando seus pensamentos, você vai se ver mudando suas ações e consequentemente suas conquistas. E ainda vou mais além, mudando seus pensamentos, você vai perceber que a energia positiva que você emitir lhe trará facilidades, oportunidades e grandes alegrias.
A força que traz tudo isso, é assunto para um próximo texto.
Mas por enquanto, fique com essa paz.
Um beijo de luz,
Carolina Flores Quintanilha

sábado, 19 de maio de 2012

Nada é imutável

Os ventos da mudança
Avisam quando estão para chegar
Felizes aqueles que aprendem a escutar

Ela já sabe identicar muito bem
Quando aquela dorzinha gostosa aparece
O seu mundo esta prestes a mudar

Nada é imutável
Essa foi uma das suas primeiras lições
Muito ela demorou para gostar
Mas quando jogou o medo pela janela
E se atentou ao gosto doce da oportunidade
Sorriu

Ela conhece os falsos prazeres do apego
E a amargura de uma decepção
Mas se importa muito mais
Com as cores cintilantes da vitória
E com a espontaniedade de uma paixão


...Engana-se quem pensa que nesse momento ela está a se amendontrar
Tudo o que ela mais quer é nessa loucura se embebedar...

Carolina Flores Quintanilha

Arquivo do blog