terça-feira, 23 de abril de 2013

Comunhão

  
         O que você sentiria se decidisse entregar sua vida, seus sonhos, seus planos e seu destino nas mãos de Deus? Como se sentiria se você se rendesse às vontades dele em sua vida? Se abrisse mão de qualquer tipo de controle, para ser o que Ele deseja?

            A resposta ideal seria se sentir aliviado por tirar pressões, medos e inseguranças de suas costas. Porém, acredito que muitos responderiam sentir medo. Medo, pois não acreditam que o que Deus quer para eles seja o mesmo que seus sonhos.

            Acreditam nisso porque, ao tentar realizar estes mesmos sonhos sozinhos, não obtiveram sucesso, e desconfiam que Deus não tenha permitido acontecer, seja lá por qual motivo. Muito vêem Deus como um pai, que os proíbe e pune.

            Isso sem contar aqueles que não tem fé, que não acreditam em uma força superior, que acham que precisam fazer tudo sozinhos.

            Mas pensando assim, não vêem que ainda não alcançaram o sucesso, justamente por terem tentado seguir sem Ele. Pensando assim não vêem que a sua vontade de ser feliz, é a vontade de Deus dentro deles. Que a morada Dele é dentro de nós, e que a todo instante ele nos transforma para que tenhamos condições de alcançarmos a verdadeira felicidade. Ou alguém aqui arrisca dizer que a vida não segue nos ensinando, pouco a pouco, como sermos melhores?

            Render-me foi uma das tarefas mais difíceis que já enfrentei, porém a mais recompensadora e reconfortante. Entregar nossas vontades à vida é perceber que não existe a sua vontade separada da de Deus, e que vocês dois são uma coisa só. E nessa comunhão, podemos perceber tão claramente a presença Dele dentro de nós, conosco integralmente, nos encaminhando calmamente para o bem, para a felicidade e para a paz... É maravilhoso.

            "Deus é mais íntimo de nós do que nós mesmos.", disse Santo Agostinho, e ele estava repleto da razão e da percepção clara. Aproxime-se dele, não sinta medo de seus propósitos, renda-se e dê um grande passo em sua vida abrindo mão de ansiedades, ilusões, medos e de todo entulho que carregamos em nossos corações. 



Fiquem na luz.



Carolina Flores Quintanilha

Um comentário:

  1. Pela primeira vez, após muitas leituras, após muitas tentativas, estou ficando consciente e me entregando totalmente. Sei que para alguns, essa consciência cósmica vem do nada. A minha veio mas para permanecer nela é questão de treinamento. Toda vez que me perco pensando, falo para mim mesma "aqui e agora" e me rendo.

    ResponderExcluir

Arquivo do blog