terça-feira, 23 de abril de 2013

Fique com a luz - Calunga

Trechos do Livro Fique com a luz, do Calunga e do Gasparetto. 


“Eu e o infinito somos um.
Tudo se move pela lei do oculto infinito em mim.
No reino, no nascimento das coisas e das formas.
Na magia do escondido, mas real.
Na sorte, nas correntes de transformação e criação da vida, eu repouso minha vontade assumida, deixando que tudo se transforme.
E o vento da renovação me traz a brisa da segurança , confirmando que tudo está caminhando no bem.
Na certeza de que todo o bem está em mim, se reformulando e se transformando.
Eu e o infinito somos um somente.
Sou apenas espírito na imensidão, assistindo ao drama da vida, apenas participando sem drama.
Sentindo no peito as verdadeiras medidas, acompanhando o discurso silencioso da vida que conversa comigo a cada medida.
Por isso não sou mais pessoa. Eu não sou pessoal, eu não tenho mais Eu, eu não tenho mais sentimentalismos, eu não tenho desejos.
Apenas contemplo.
E a minha contemplação é ação. Faço todas as coisas, mas estou sempre aqui na imensidão.
Sempre estou no infinito.
O drama das pessoas do mundo, perdidas e separadas, não mais me afeta.
O medo, o desespero, a aflição, todos os pesares antigos passaram.
Eu caminho com naturalidade...fluo com naturalidade. Eu trabalho sem pensamentos, sem emocionalidades.
Mas dentro de mim sai aquela alegria, aquela ternura...um amor diferente e um gesto e um calor diferentes.
Há um entendimento imenso...
Estou aqui, vivendo a vida como qualquer um... num corpo que parece igual a qualquer um...Mas eu, eu infinito, não cesso de fluir, a um ponto onde as pessoas ainda não estão.
Num ponto eterno, em outro caminho, com outro jeito de estar em si.
Sou capaz de nada fazer e tudo acontecer, tudo ser feito.”

“... Eu quero estar junto a ti, integrado a ti.
Eu quero ser impessoal,  eu não quero possuir,
Eu não quero ter esperança de nada...nada esperar,
Eu não sofro mais ansiedade, pagando um preço caro,
Eu não vou mais estragar os meus dias, o meu prazer de viver,
Eu não quero mais ir a lugar nenhum,
Chega de dirigir as coisas,
Chega de ter uma vontade só minha,
Eu quero ficar na tua essência...maior, muito maior,
Eu quero ficar na vontade do Universo, quero me sentir Universal,
Eu quero ser espírito,
Só um espírito, pelo infinito.”




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog