quinta-feira, 27 de março de 2014

Reflexão Andreia Modesto


O amor pode ser comparado a um laço dourado que une as pessoas.
Nunca pode se transformar num nó apertado que sufoca a garganta.
Homens e mulheres devem amar, dançar, voar e para isto, precisam ser livres.
Como alguns pássaros que morrem em cativeiro, suas asas perdem o brilho.
Seu canto desaparece com o tempo.
Mas, se você abrir a gaiola, eles retomam a energia e voam para a vida.
Virão comer em suas mãos, com confiança. Se você souber amá-los e evitar a escravidão.
O seu amor não pertence a você.
Você e seu amor só podem pertencer ao Mundo, a Vida, a Deus.


Fonte: Andreia Modesto - http://astrodestino.com.br/

--

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog